Muitas e ótimas informações sobre FFXIII!

atgaaabczco79qqal74bwd8irbdfpzlc5kpmowr2gh9xfwci9iz86h2oa16qs0i6byhfhy6wzn1waqzkz5vl3jfvrhppajtu9vb5rppyvvtacdhhytv4-dnjd9dxow

— Sobre a Demo —

* A Demo deve ser jogada com o entendimento de que é FFXIII como se fosse no ano de 2008. O jogo avançou muito desde então, e os desenvolvedores estão agora na “Final Stretch ‘de muitos aspectos do desenvolvimento.

* A demonstração utiliza cerca de 50% do poder da PS3 – a versão final irá utilizar a totalidade ou perto de 100%.

* A demo apresenta apenas cerca de metade dos aspectos do sistema de batalha, que serão aplicadas no Jogo Full.

* A história incluída na demo é uma parte muito pequena e superficial, mas deve proporcionar uma boa mostra do que os jogadores podem esperar.

* A demonstração utiliza uma versão antiga da música da vitória (nas lutas), mas o jogo final terá uma nova versão.

* O tema de batalha usado no demo é o mesmo da batalha final.

* O demo está equilibrado para ser mais fácil. Já a versão Full será mais desafiadora, inclusive na parte da Demo, aumentando a chance de Game Over.

* A demo é uma parte do início do jogo durante uma situação denominada “Purge”. A maior parte das cenas do mais recente trailer são da demo.

* As poses de vitória estão a ser decididas.

— Sobre a Tecnologia do Jogo —

* Houveram debates acerca do uso do Blu-Ray de dupla camada. Mas o espaço não é mais um problema.

* A memória disponível no PS3 tem-se revelado como um grande desafio para se trabalhar.

* A maior mudança desde o jogo anterior foram os gráficos.

* O visual (texturas, principalmente) é sensacional, como a plumagem do Chocobo e o detalhamento nas roupas.

* O jogo apresenta aspectos de iluminação em tempo real, que tomaram muitas horas de trabalho.

* Cenas em CGI finalmente puderam ser feitas em tempo real em FFXIII. Mesmo assim teremos várias sequências em CG.

* Na batalha, as magias deixarão rastros de que foram executadas, como nuvens de fumaça após “Fire” e gelo sobre o solo após “Blizzard”.

— O Sitema de Combate —

* Em termos de velocidade, o sistema de batalha é baseado fora do universo de FFX.

* A mudança de exploração para o modo de confrontos não é igual a FFXII, mas se assemelha por ser bem rápida.

* ‘Chains’ são múltiplos ataques realizados juntos. Quanto mais ataques forem encadeados, maiores danos serão causados. Algumas combinações de ataques e magia vão ser mais eficazes do que outras.

* Realizando uma “Chain” de ataques devastadores, atingi-se um “Break”. O inimigo agora poderá ser lançado para fora do solo e levar mai danos.

* Os monstros possuem pesos diferentes, assim, uma grande oponente é mais difícil de ser lançado durante o “Break”.

* Misturar Chains, com Breaks e ataques poderosos será muito útil, principalmente contra os chefes.

* Os jogadores receberão uma classificação (de 1 a 5 estrelas) no final das batalhas com base em seu desempenho.

*A câmera pode ser movimentada nas lutas, mas teremos alguns momentos (dependendo do ataque usado) em que ela se movimentará automaticamente, pra criar o clima cinematográfico e dinâmico.

— Sobre os Personagens —

* O design de Lightning foi bem difícil de terminar, pois ela é uma espadachim (precisando de um olhar bem ameaçador), e além disso, é uma mulher (não podendo então ser muito musculosa).

* A feminilidade de Lightning encontra-se está na voz de sua dubladora (Sakamoto Maya).

* Snow foi inicialmente mais infantil, muitas vezes gritando. Eles abandonaram o aspecto de imaturidade e lhe deram um carácter mais “big brother” no jogo.

* Vanille não deve ser interpretada como uma garota boba. Ela é positiva e otimista, mas traz consigo um peso imenso. Fukui Yakari foi escolhida para a voz exercendo um papel que mostre os diferentes lados da personagem.

* Sazh foi criado facilmente. Ele é cômico e positivo, mas ele terá de seus próprios demônios para enfrentar mais adiante. A voz dele é de Ehara Masashi.

por Spyke Postado em +News+

GDC 09 – Rumores e grande anuncio para Abril

cxz1

Durante a GDC’09, Matt da IGN ouviu algumas conversas alheias e também teve a chance de falar com desenvolvedores sobre o acessório Motion Plus. Parece que a Nintendo está pensando em colocar uma capa de borracha obrigatória no item. Ou seja, você teria que usá-lo com a proteção – provavelmente a Big N tem receio de que mais um aparelho no Wiimote possa aumentar os casos de controles voando e quebrando tudo.
.
Sobre a conversa alheia, Matt diz que presenciou alguns produtores de game discutindo um possível jogo de wakeboard (skate aquático) para o Wii. Mais ainda, ele estava próximo a um evento da Disney Interactive, o que pode indicar o envolvimento da empresa no projeto. O game seria exclusivo para a Balance Board.
.
Já no podcast oficial da IGN, Matt mais uma vez deixou no ar um surpresa. Segundo ele, em Abril iremos conhecer um jogo novo para o Wii. É um game hardcore, de altíssima qualidade e que deixará todos surpresos. Ele elogiou fervorosamente a qualidade do jogo e ressaltou que é para o gamer tradicional.
.
Bem, com tantas possibilidades agora só falta esperar pelas confirmações.

**********

Alguem lembra que na palestra do Iwata

apareceu o logo de Metal Gear Solid no Telão e ninguém entendeu

bulhufas?

E que na Palestra do Kojima apareceu o Mario (que Mario?XD) no telão?

…hum…..SERÁ? hein?hein?  o que você acha?

por Spyke Postado em +News+

Videogames ajudam a melhorar a visão

contra_ds_ladies

CHICAGO – Adultos que jogam videogames de ação podem estar melhorando sua visão, revelou um estudo norte-americano.

Segundo pesquisadores, aqueles que usaram os games de ação do estudo apresentaram um avanço significativo em sua habilidade de perceber diferenças sutis em tons de cinza, uma descoberta que pode ajudar pessoas que têm problema para dirigir à noite.

“Normalmente, melhorar o contraste sensitivo significa ter de usar óculos ou se submeter a uma cirurgia nos olhos”, disse Daphne Bavelier, da Universidade de Rochester, em Nova York, cujo estudo apareceu no jornal Nature Neuroscience.

“Nós descobrimos que os videogames de ação ensinam o cérebro a processar a informação visual existente após o jogo ser interrompido”.

Para o estudo, a equipe dividiu 22 estudantes em dois grupos. Um grupo jogou games de ação como “Call of Duty 2”, desenvolvido pela Activision Blizzard. O segundo grupo jogou o game “The Sims 2”, da Electronic Arts, o qual eles disseram não exigir muita coordenação.

Os dois grupos jogaram os games determinados por 50 horas em um período de nove semanas. No final do treinamento, os jogadores dos games de ação mostraram uma média de 43 por cento de avanço em sua habilidade de discernir tons de cinza, enquanto os jogadores do game “The Sims” não mostraram alteração.

Bavelier descobriu que os jogadores de games de ação aumentaram em 58 por cento sua percepção de diferenças em contraste.

“Quando as pessoas jogam games de ação, elas estão mudando o trajeto do cérebro responsável pelo processo visual. Esses games estimulam o sistema visual humano ao limite, e o cérebro se adapta a isso”, disse Bavelier em comunicado.

por Spyke Postado em +News+

Remake de The Legend of Zelda – Ocarina of Time no Wii?

zelda-ocarina-of-time

Rumores apontam remake do clássico
De acordo com um boato espalhado pelo site GameFocus, que alega ter uma fonte dentro da Nintendo, um dos maiores clássicos lançados para o antigo Nintendo 64, The Legend of Zelda: Ocarina of Tima, pode estar em vias de ganhar um remake para o Wii.

rumor se provar verdadeiro, a Nintendo deverá anunciar Ocarina no dia 05 de abril, o mesmo dia do lançamento oficial do Nintendo DSi.

por Spyke Postado em +News+

OnLive: Hands-On

onlive1

O OnLive, aquele sistema/serviço que renderiza jogos da atual geração nas nuvens, de maneira nenhuma é perfeito. Dito isto, devo dizer que estou chocado como ele funciona tão bem.

Eu acho que há duas principais preocupações passando pelas cabeças de todos que tenham ouvido sobre este troço: 1) a latência entre os seus controles e a ação operada na tela e; 2) qualidade da imagem. Apesar deste sistema ainda estar na fase pré-beta e estes dois aspectos estarem inferiores em relação à experiência possível com um console ou PC caseiro, eu ainda acho que o OnLive será de boa serventia para o gamer que não quiser desembolsar uma nota preta para comprar o hardware mais recente.

Eu joguei Bioshock usando a montagem no PC, o que envolvia um laptop Dell de aparência normal e um controle da Logitech. O jogo estava rodando a 80km de distância em um servidor em Santa Clara, EUA, e os tempos de load eram basicamente os mesmos em relação ao jogo no seu próprio PC.

Quando eu comecei a jogar eu notei um pequeno lag entre o controle e a tela. Só o suficiente para não dar aquela sensação de naturalidade, mas nada próximo de realmente depreciar a jogabilidade. Alguns ambientes (especialmente internos) eram mais responsivos que outros a ponto de você mal notar qualquer latência. Definitivamente não serve para os jogadores mais competitivos, mas para o cara que são;o quer jogar por algumas horas no fim de semana, está ótimo.

Quanto à imagem, há compressão e artifacting bastante notáveis rolando. Quando efeitos de foto e água dominavam a tela no Bioshock, você praticamente via quadrados em tudo quanto é lugar. O OnLive não faz rodeios sobre isso: eles dizem que são ossos do ofício, mas eles esperam que a qualidade fique melhor com o tempo conforme eles vão fazendo ajustes. Alguns dos ambientes e texturas internas se pareciam bastante com o que roda no seu próprio console, com algumas pequenas quedas na nitidez e claridade. Os screenshots abaixo não contam a história toda, mas dão uma ideia básica do que se deve esperar.

Eu também notei uns cortes no framerate, mas se foi provocado pelo streaming ou pelo servidor, não se sabe. Quanto a versão set-top do tamanho de um punho do OnLive, eu não cheguei a brincar com ele, mas eu diria que o desempenho era praticamente o mesmo comparado com o uso de um PC.

O OnLive diz que quando o serviço sair, eles planejam ter centros de dados próximos a todas as principais metrópoles dos EUA, o que é algo bastante vago (além de não dizerem nada sobre o serviço em outras partes do mundo), mas garante que as pessoas não rodarão os jogos em servidores do outro lado do país. Se eles conseguirão ou não dar suporte no país inteiro, ainda não se sabe, já que ainda está no início do desenvolvimento. Mas o OnLive parece ser uma solução de jogo digna da nossa atenção (e das nossas preces!)

Bioshock no Onlive

por Spyke Postado em +News+

Homem morre enquanto jogava Wii Fit

maid_wii_fit

Tim Eves, de 25 anos, estava fazendo cooper com o Wii Fit quando caiu inconsciente no chão. Sua namorada e um amigo chamaram uma ambulância, mas ao chegar no hospital ele já estava morto. Isso aconteceu minutos depois dele ter falado com seus pais pelo telefone.

A família foi informada que ele poderia sofrer de Sudden Adult Death Syndrome, ou síndrome de morte súbita adulta. Esta doença, que pode ou não apresentar sintomas como desmaios e tontura, pode gerar perda de consciência e morte durante exercícios físicos e momentos de emoções fortes. Apesar disso, por enquanto as causas oficiais da morte não foram confirmadas.

por Spyke Postado em +News+